.

Um passo em frente nesta longa escadaria rumo a um sentimento de concretização pessoal. Sou, na minha essência, a mesma... mas visto-me mais de acordo com uma filosofia que é minha, que tomo como minha. Aquela que me autoriza a errar, a arriscar, a ser uma mente aberta, a pagar preços altos pelo que, para mim, faz todo o sentido... momentos de felicidade!

Meu Mundo

"Não sou para todos. Gosto muito do meu mundinho. Ele é cheio de surpresas, palavras soltas e cores misturadas. Às vezes tem um céu azul, outras tempestades. Lá dentro cabem sonhos de todos os tamanhos. Mas não cabe muita gente. Todas as pessoas que estão dentro dele não estão por acaso... São necessárias!" ***Caio F. Abreu

17 de set de 2013

“Seja você mesmo”.



“Às vezes, fico me perguntando por que é tão difícil ser transparente…
Costumamos acreditar que ser transparente é simplesmente ser sincero, não enganar os outros. Mas ser transparente é muito mais do que isso.
É ter coragem de se expor, de ser frágil, de chorar, de falar do que a gente sente…

Ser transparente é desnudar a alma, é deixar cair as máscaras, baixar as armas, destruir os imensos e grossos muros que insistimos tanto em nos empenhar para levantar…

Ser transparente é permitir que toda a nossa doçura aflore, desabroche, transborde, mas infelizmente, quase sempre, a maioria de nós decide não correr esse risco.

Preferimos a dureza da razão à leveza que explora toda a fragilidade humana.
Preferimos o nó na garganta às lágrimas que brotam do mais profundo de nosso ser…

Preferimos nos perder numa busca insana por respostas imediatas à simplesmente nos entregar e admitir que não sabemos, que temos medo!!!

Por mais doloroso que seja ter que construir uma máscara que nos distancia cada vez mais de quem realmente somos, preferimos assim: manter uma imagem que nos dê a sensação de proteção.

E assim, vamos nos afogando mais e mais em falsas palavras, em falsas atitudes, em falsos testemunhos…

Não porque sejamos pessoas mentirosas, mas apenas porque nos perdemos de nós mesmos e já não sabemos onde está nossa brandura, nosso amor mais intenso e não contaminado…

Com o passar dos anos, um vazio frio e escuro nos faz perceber que já não sabemos dar e nem pedir o que de mais precioso temos a compartilhar… doçura, compaixão… a compreensão de que todos nós sofremos, nos sentimos sós, imensamente tristes e choramos baixinho antes de dormir, num silêncio que nos remete a uma saudade desesperada de nós mesmos…

Daquilo que pulsa e grita dentro de nós, mas que não temos coragem de mostrar àqueles que mais amamos.

Porque, infelizmente, aprendemos que é melhor revidar, descontar, agredir, acusar, criticar e julgar do que simplesmente dizer:você está me machucando… pode parar, por favor!

Porque aprendemos que dizer isso é ser fraco, é ser bobo, é ser menos do que o outro. Quando na verdade, se agíssemos com o coração poderíamos evitar tanta dor, tanta dor…

Sugiro que deixemos explodir toda a nossa doçura.
Que consigamos não prender o choro, não conter a gargalhada, não esconder tanto o nosso medo, não desejar parecer tão invencíveis…

Que consigamos não tentar controlar tanto,responder tanto, competir tanto…
Que consigamos docemente viver… sentir…amar…”

Rosana Braga

14 de ago de 2013

Lei do carma ou de causa e efeito - Deepak Chopra

Toda ação gera uma força energética que retorna a nós da mesma forma. O que semeamos é o que colhemos.

É bem conhecido o ditado “você colhe aquilo que semeia”. Portanto, não há nada de misterioso na lei do carma. Obviamente, se desejamos felicidade, precisamos aprender a semear felicidade. Carma implica, então, escolha e ação conscientes.

Quer você goste ou não, tudo o que está acontecendo neste momento é resultado de escolhas feitas no passado. Infelizmente, muitos fazem escolhas inconscientes e por isso, acham que não são escolhas. Mas são.

Se eu o insulto, é provável que você escolha se ofender. Se eu lhe dirijo um cumprimento, é provável que você escolha se sentir grato e envaidecido. Pense bem: é sempre uma escolha.

Toda pessoa constitui – mesmo sendo um escolhedor infinito – um feixe de reflexos condicionados. Eles são disparados, constantemente por circunstâncias e por pessoas, resultando em comportamentos previsíveis. Essas reações também são escolhas que fazemos a todo momento. Simplesmente estamos escolhendo inconscientemente.

Se você parar um pouco e começar a observar suas escolhas no momento em que elas ocorrem, mudará esse aspecto de inconsciência. O simples ato de observá-las transfere todo processo do terreno do inconsciente para o do consciente. Escolher e observar conscientemente é muito enriquecedor.

Quando fizer uma escolha, faça uma pergunta a si mesmo: “Quais serão as consequências da escolha que estou fazendo?”

“Essa escolha trará felicidade a mim e aos outros ao meu redor?”

A resposta a primeira questão você sentirá em seu coração e saberá imediatamente quais serão as consequências. Quanto a segunda questão, se a resposta for sim, então persista nessa escolha.

Há um mecanismo muito interessante no universo para ajudar a fazer escolhas corretas. Esse mecanismo relaciona-se com as sensações físicas. Nosso corpo conhece dois tipos de sensações: uma é a do conforto e a outra é a do desconforto. Imediatamente, antes de fazer uma escolha consciente, observe seu corpo enquanto faz a pergunta “se eu escolher isso, o que acontecerá?” Se seu corpo enviar uma mensagem de conforto, é a escolha certa.

Para alguns, a mensagem de conforto e desconforto se dá na região do plexo solar (estomago). Para a maioria, no entanto, manifesta-se na área do coração. Espere pela resposta, uma resposta física, na forma de sensação, mesmo que seja muito leve.

Somente o coração conhece a resposta certa. Muita gente acha que o coração é piegas e sentimental. Não é. O coração é intuitivo. É holístico. É contextual. É relacional. Não se orienta por perdas e ganhos. Ele esta conectado ao computador cósmico que leva tudo em conta.

Às vezes, pode ate parecer irracional, mas o coração tem uma capacidade mais acurada e muito mais precisa de processar dados do que qualquer outra coisa que exista nos limites do pensamento racional.

Deepak Chopra

8 de fev de 2013

ALMA GÊMEA

ALMA GÊMEA

Viajando no tempo, espaços e dimensões,
venho de lugares e de tempos longínquos.
No agora deste momento tridimensional terreno,
deparo-me com alguém singular,
que veio igualmente
de outros tantos caminhos existenciais
e com inúmeras metas espirituais a cumprir,
tais como as minhas programações dimensionais.
Fixando-me em seu olhar,
vislumbro sintonias do coração
e uma ligação ímpar entre nós dois,
nascida há inúmeras vidas
e guardada de modo exclusivo em nossos corações,
como uma senha,
para um dia nos religar pelo amor.
Temos, perceptivelmente, os mesmos ritmos de viver
e de cumprir os nossos compromissos
e idêntica capacidade de ser humano e de amar.
Sei que a sua energia
é a mesma que circunda o meu campo áurico.
As nossas infindáveis viagens pelas vidas
parecem, enfim, totalmente lógicas
de explícitos e concretos sentidos,
porque todos os caminhos foram traçados
para nos conduzirem ao inevitável reencontro
neste exato instante terreno.
O meu coração me diz,
que faria novamente todo o caminhar existencial
ao longo dos renascimentos,
quantas vezes fossem necessárias,
se, ao final,
em determinado momento da eterna existência,
pudesse eu ver os seus olhos,
tocar a sua energia
e sentir que as nossas energias
tornam-se uníssonas em total simetria.
Essa união em unicidade energética e de coração
por si só já é a mais bela
e completa declaração de amor,
preenchendo-nos de plena
e translúcida razão de existir
e de como amar e ser amado de forma perfeita
pelos séculos afora,
como fora desde sempre.
(poesia de Moacir Sader)


 
Vidas e Reencontros
O Espiritismo é a chave. Mergulhe nesse universo!

 
 

Eu e Você

Você é eu, e eu sou você.
Não é óbvio que nós "intersomos"?
Você cultiva a flor em você mesmo
para que eu seja belo.
Eu transformo o lixo que há em mim
para que você não tenha de sofrer.
Eu apoio você,
você me apoia.
Estou neste mundo para oferecer-te paz;
você está neste mundo para trazer-me alegria.
(Thich Nhat Hanh)

poesia ...

Ri, chora, sonha, menina mulher, por
Onde passa , deixa um perfume intenso de
Saudade!
Entre flores e estrelas,
Lindo buquê formas,
Iludindo a alma dos poetas.

desconheço autor

Mundos Infinitos - Rumi

A cada instante a voz do amor nos circunda e partimos em direção ao céu profundo
Por que deter-se a olhar ao redor?
Já estivemos antes por esses espaços e até os anjos os reconhecem
Retornemos ao mestre, que é lá nosso lugar
Estamos acima das esferas celestes, somos superiores aos próprios anjos
Além da dualidade nossa meta é a glória suprema
Quão distante está o mundo terreno do reino da pura substância?
Por que descemos tanto?
Apanhemos nossas coisas e subamos mais uma vez
Sorte não nos faltará ao entregarmos de novo nossas almas
Nossa caravana tem por guia Mustafá, a glória do mundo
Ao contemplar sua face a lua partiu-se em dois pedaços
Não pôde suportar tanta beleza e fez-se feliz mendicante frente àquela riqueza
A doçura que o vento nos traz é o perfume de seus cabelos
A face que traz consigo a luz do dia reflete o brilho de seus pensamentos
Olha bem dentro de teu coração e vê a lua que se despedaça
Por que teus olhos ainda fogem dessa visão maravilhosa?
O homem emerge do oceano da alma como os pássaros do mar
Como há de ser terra seca o lugar do descanso final
de uma ave nascida nesse mar?
Somos pérolas desse oceano. A ele pertencemos. Cada um de nós.
Seguimos o movimento das ondas que se arrastam até a terra
e então retornam ao mar
E eis que surge a última onda e arremessa o navio do corpo à terra
E quando essa onda regressa naufraga a alma em seu oceano
E este é o momento da união
poema de Rumi



Autor: Rumi

21 de jan de 2013

Gratidão

Seu desejo mais profundo já foi cumprido, e você foi o último a saber.

Tudo o que você sempre desejou já está presente, aqui e agora - que é o último lugar que você olharia.

O milagre para acabar com todos os milagres está acontecendo, e é neste momento exatamente como ele é. Sim - isso, isso é a graça.

Cada respiração. Cada sensação. Cada som. Aquilo que já foi permitido. Isso que não pode ser bloqueado.

Mesmo a dor, mesmo o tédio, até o mesmo desespero, todas as ondas indesejadas e mal-amadas da experiência humana, estão finalmente autorizadas a inundar no espaço onde "você" não é, e nunca foi. E o paradoxo é este: nada disso pode tocá-lo mais, nem mesmo a maior dor. E, no entanto, você experiencia tudo isso, você sente tudo mais intensamente do que jamais antes, incapaz de bloquear, incapaz de se afastar.

Quem iria se afastar, e de quê? Esta é a vida em sua plenitude, sem reservas.

Então, o que resta a não ser simples gratidão?

Gratidão pelo fato de que nada jamais aconteceu. E se nada acontecer de novo, saiba isto, caro amigo - você esteve aqui para testemunhar o milagre da vida.

Você o conheceu.
Provou disso.
O sentiu.
O viu.
O reflexo de uma lua minguante na janela de um carro.
O sabor da água.
A fragrância do algodão.
As profundidades silenciosas da meditação.
A intensidade feroz do medo. Tem sido o suficiente.

Oh, tem sido mais do que suficiente. Tem sido muito, realmente. Muita graça.

E assim o eu separado afastou-se, e procurou por mais, em busca de um futuro que nunca vem, e não pode vir.

Você só foi buscar a si mesmo..."
Jeff Foster em Gratidão

1 de jan de 2013

Quando encontrar alguém ...

"Quando encontrar alguém e esse alguém fizer


seu coração parar de funcionar por alguns


segundos,


preste atenção: pode ser a pessoa


mais importante da sua vida.






Se os olhares se cruzarem e, neste momento,


houver o mesmo brilho intenso entre eles,


fique alerta: pode ser a pessoa que você está


esperando desde o dia em que nasceu.






Se o toque dos lábios for intenso,


se o beijo


for apaixonante, e os olhos se encherem


d'água neste momento, perceba:


existe algo mágico entre vocês.






Se o 1º e o último pensamento do seu dia


for essa pessoa, se a vontade de ficar


juntos chegar a apertar o coração, agradeça:






Algo do céu te mandou


um presente divino : O AMOR.






Se um dia tiverem que pedir perdão um


ao outro por algum motivo e, em troca,


receber um abraço, um sorriso,


um afago nos cabelos


e os gestos valerem mais que mil palavras,


entregue-se:


vocês foram feitos um para o outro.






Se por algum motivo você estiver triste,


se a vida te deu uma rasteira e a outra


pessoa sofrer o seu sofrimento,


chorar as suas lágrimas


e enxugá-las com ternura, que


coisa maravilhosa: você poderá contar


com ela em qualquer momento de sua vida.






Se você conseguir, em pensamento, sentir


o cheiro da pessoa como


se ela estivesse ali do seu lado...


Se você achar a pessoa maravilhosamente linda,


mesmo ela estando de pijamas velhos,


chinelos de dedo e cabelos emaranhados...






Se você não consegue trabalhar direito o dia todo,


ansioso pelo encontro que está marcado para a noite...






Se você não consegue imaginar, de maneira


nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado...






Se você tiver a certeza que vai ver a outra


envelhecendo e, mesmo assim, tiver a convicção


que vai continuar sendo louco por ela...






Se você preferir fechar os olhos, antes de ver


a outra partindo: é o amor que chegou na sua vida.






Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes


na vida poucas amam ou encontram um amor verdadeiro.






Às vezes encontram e, por não prestarem atenção


nesses sinais, deixam o amor passar,


sem deixá-lo acontecer verdadeiramente.






É o livre-arbítrio. Por isso, preste atenção nos sinais.


Não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem


cego para a melhor coisa da vida: o AMOR !!!"






Eu me interesso....e digo: Te Amo!


~Drummond~